Futebol Brasileiro

Presidente do Vitória-BA sofre impeachment dos sócios-torcedores do clube

Paulo Carneiro foi demitido do cargo de presidência no EC Vitória

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

O Paulo Carneiro já havia se envolvido em polêmicas na presidência do EC Vitória(Maurícia da Mata/Vitória)

O Paulo Carneiro já havia se envolvido em polêmicas na presidência do EC Vitória | Maurícia da Mata/Vitória

Paulo Carneiro, presidente do Vitória, sofreu impeachment após Assembleia Geral Extraordinária, que contou com participação de cerca de 150 sócios-torcedores, e apenas uma abstenção de voto.

Durante o mandato, Paulo Carneiro já havia se envolvido em polêmicas dentro do clube. Dentre as polêmicas, adiantamento de remunerações durante a pandemia, gastos pessoais de Paulo Carneiro no cartão corporativo e ausência de um contrato entre o clube e a empresa Magnum, que recebeu R$ 3,5 milhões do clube.

Através de relatórios, o então presidente se defendeu sobre o adiantamento de remunerações e sobre o Caicedo, mas não foi o suficiente para escapar do impeachment.

Comentários