Futebol Brasileiro

Romário quer saída de Tite antes da Copa e pede Renato Portaluppi na Seleção

Ex-atacante considera que Brasil 'será atropelado' no Mundial de 2022 e tem o desejo de ver o técnico do Flamengo assumindo o cargo do time canarinho

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Renato Portaluppi, técnico do Flamengo(Mauricio Almeida/AM Press & Images/Gazeta Press)

Renato Portaluppi, técnico do Flamengo | Mauricio Almeida/AM Press & Images/Gazeta Press

Tite não pode ser o técnico da seleção brasileira na Copa do Mundo de 2022. Pelo menos é o que considera o ex-atacante Romário. O hoje senador, em entrevista ao 'GE', opinou que o Brasil 'será atropelado' no Mundial se chegar até lá com o atual treinador no cargo. 

"Nós estamos próximos de uma Copa, eu não sei se dá exatamente tempo de uma mudança de treinador, mas não sou mais a favor do Tite pra treinador da seleção brasileira. A gente tem que ter sempre esperança, e eu terei sempre, a gente vai torcer pro Brasil ser campeão no ano que vem pra não passar esse ciclo de novo de 24 anos sem ser campeão, mas vai ser difícil com esse time que tá aí. Com essa forma de jogar, o Brasil vai ser atropelado. Tomara que eu esteja enganado".

Como um possível substituto, Romário vê em Renato Portaluppi, técnico do Flamengo, o nome ideal. O ex-camisa 11 diz que seria justo dar uma chance ao profissional que, segundo ele, entende de futebol moderno e teria a confiança do grupo de jogadores. 

"É o treinador brasileiro que mais tem demostrado resultados positivos. Ele me parece ser o mais competente. Tive a oportunidade de trabalhar com ele no início da carreira dele, era um Renato diferente de hoje. Hoje é muito mais ousado, definitivamente entendeu como é o futebol moderno. O Renato, na minha opinião, tem a confiança do grupo onde ele é o treinador".

Comentários