Futebol Brasileiro

STJD acata recurso e devolve pontos perdidos pelo Brusque em caso de racismo

Clube do interior de Santa Catarina havia perdido três pontos na Série B do Brasileirão após o caso de injúria racial contra o meia Celsinho, do Londrina

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Jogadores do Londrina seguram faixa contra o racismo(ISAAC FONTANA / FRAMEPHOTO / GAZETA PRESS)

Jogadores do Londrina seguram faixa contra o racismo | ISAAC FONTANA / FRAMEPHOTO / GAZETA PRESS

O STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) acatou o recurso apresentado pelo Brusque e devolveu, nesta quinta-feira (18), os três pontos retirados da equipe catarinense no caso de injúria racial contra o meia Celsinho, do Londrina, no dia 28 de agosto. A decisão do pleno é definitiva.

Com isso, o Brusque volta a ter 44 pontos ganhos na Série B do Campeonato Brasileiro, ficando a três pontos da zona de rebaixamento, faltando apenas duas rodadas para o fim do torneio. O primeiro time dentro do Z-4 é justamente o Londrina, com 41. Ele ultrapassou a Ponte Preta e agora está na 14ª colocação.

Apesar de retornar os pontos à equipe do interior de Santa Catarina, o STJD resolveu seguir com a punição financeira contra o Brusque e o dirigente Júlio Antônio Petermann, que foi o autor das ofensas dirigidas a Celsinho. A multa foi de R$ 30 mil reais para Petermann e R$ 60 mil para a agremiação.

Comentários