Futebol Brasileiro

Santos diz que entrará com ofício na Conmebol após pênalti não marcado

Clube paulista reclama de uma suposta penalidade máxima em Marinho, no segundo tempo do empate em 0 a 0 contra o Boca, em La Bombonera

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Árbitro chileno Roberto Tobar foi muito criticado pelo Peixe por uma suposta não marcação de pênalti(Getty Images)

Árbitro chileno Roberto Tobar foi muito criticado pelo Peixe por uma suposta não marcação de pênalti | Getty Images

O suposto pênalti não marcado em Marinho, no segundo tempo do empate em 0 a 0 contra o Boca Juniors, em La Bombonera, segue dando o que falar, mesmo após o apito final.

Nesta quarta-feira (06), o clube paulista afirmou que entrará com um ofício na Conmebol contra a decisão do árbitro chileno Roberto Tobar e o responsável pela vídeo-arbitragem, Juan Benítez, do Paraguai.

"O Santos Futebol Clube enviará ofício à Conmebol para externar sua insatisfação com a atuação do VAR no jogo contra o Boca Juniors neste dia 6 de janeiro em La Bombonera, na Argentina", escreveu o Peixe, em sua conta oficial do Twitter.

 
Yuri Alberto fala sobre motivo de ter deixado o Santos
Comentários