Futebol Brasileiro

Sporting confirma pagamento de dívida e Sport fica liberado para contratar novos jogadores

Equipe pernambucana devia quase R$ 9milhões ao clupe português pela contratação do atacante André, em 2017

Avatar del

Por TNT Sports

André defendeu o Sport entre 2017 e 2018(Clélio Tomaz/AGIF)

André defendeu o Sport entre 2017 e 2018 | Clélio Tomaz/AGIF

O Sport Recife acertou o pagamento total da dívida com o Sporting, de Portugal, pela contratação do atacante André, em 2017, e volta a ficar liberado pela Fifa de realizar novas contratações.

A entidade máxima do futebol mundial havia aplicado o 'transfer ban' ao Leão da Ilha até que o clube brasileiro se acertasse com os portugueses pelo pagamento da dívida, que era de cerca de R$ 9 milhões.

A dívida total cobrada pelo Sporting na Fifa era de € 907.500,00 da compra de André, além de mais € 213.500,00 de multa e juros, acrescidos de IOF (0,38%) e IR (17,67%). O valor convertido para o real totalizou R$ 8.944.046,44, conforme informou o clube brasileiro em nota oficial.

O vice-presidente do Sporting, Francisco Zenha, também se pronunciou oficialmente sobre o caso. O dirigente afirmou que estava "desiludido" no processo, mas que ficou muito satisfeito com o pagamento.

"Depois de um difícil processo, que nos deixou muito desiludidos - sobretudo porque em julho de 2018, o Sporting estava a viver um momento particularmente difícil da sua história: na altura, demos a mão ao Sport Recife e o Sport Recife não cumpriu o acordado, falhando a quase totalidade dos pagamentos, logo a partir da sua prestação. (...) Conversamos nas últimas semanas para resolver o problema e confirmo que o Sport Recife fez o pagamento integral da dívida, mais juros associados. Ficamos muito satisfeitos".

Comentários