Futebol Brasileiro

Tchê Tchê fala pela primeira vez sobre 'treta' com Fernando Diniz: 'Raiva incontrolável'

Técnico gritou com o jogador o chamando de 'perninha' e 'ingrato' enquanto comandava o São Paulo

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Tchê Tchê em partida contra o Red Bull Bragantino, quando ocorreu o episódio com Diniz(2021 Getty Images)

Tchê Tchê em partida contra o Red Bull Bragantino, quando ocorreu o episódio com Diniz | 2021 Getty Images

Hoje no Santos, Fernando Diniz é um personagem polêmico que divide opiniões. Com seu jeito agitado, o técnico está sempre gritando com o seu time na beira do campo. Mas o episódio com Tchê Tchê, hoje no Atlético-MG, ficou marcado por ter sido uma das frases mais pesadas que o treinador já usou com seus jogadores durante partidas de futebol.

Em entrevista ao canal 'Podpah', o meia ex-São Paulo deu fortes declarações sobre o assunto e disse que sentiu raiva, além de contar como aquele momento afetou diretamente a vida pessoal dele.

"Não foi um negócio saudável para mim. Mano, eu fiquei com muita raiva, uma raiva incontrolável. O cara me conhecia, tinha uma ligação forte. Então acho que foi uma coisa desnecessária."

Tchê Tchê relatou que ele passou a ser chamado de 'perninha' por onde passasse, e que isso dificultou o cotidiano dele.

"Tomou uma proporção que em qualquer lugar 'ó o perninha aí'. Não tem perninha, tio. Tenho uma postura 'daora', seja onde for, aqui, na rua. Não pegou bem... E era uma pessoa que conhecia a minha família".

A postura do técnico não foi a única coisa que incomodou o atleta. Ele também deixou no ar um descontentamento com fato do clube não ter tomado nenhuma providência e disse que se sentiu desprotegido, além de falar sobre como o caso afetou seus familiares.

"Me deixou mal. Meu pai me ligou chorando. Ninguém me protegeu no clube. As coisas não ficaram legais. [Não falei nada] deixei a instituição São Paulo falar mais alto, porque era uma coisa que poderia conturbar no ambiente."

Veja um pedaço da entrevista de Tchê Tchê ao canal:

O caso aconteceu em janeiro, quando o São Paulo perdeu para o Red Bull Bragantino por 4 a 2, pelo Brasileirão 2020. A câmera e o áudio captaram nitidamente Diniz gritando contra seu jogador: "Seu ingrato do c..., seu perninha do c..., seu mascaradinho. Vai se f...".
 
Atualmente, Tchê Tchê está jogando no Atlético-MG, onde chegou em abril de 2021 e se juntou a um elenco estrelado, com nomes como Hulk, Nacho Fernández, Vargas, Zaracho, entre outros.
Comentários