Futebol Brasileiro

Técnico Pintado pede demissão da Chapecoense

Treinador entrou em comum acordo com a Chape para sua saída do clube; o executivo de futebol, Carlos Kila, também pediu demissão

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Pintado pede demissão e não é mais o técnico da Chapecoense(CAIO ROCHA/FramePhoto/Gazeta Press)

Pintado pede demissão e não é mais o técnico da Chapecoense | CAIO ROCHA/FramePhoto/Gazeta Press

Na lanterna do Campeonato Brasileiro, com apenas uma vitória em 28 partidas, a Chapecoense perdeu seu treinador na tarde desta terça-feira (26). O técnico Pintado pediu demissão e não está mais à frente do clube. Foi divulgada também pelo clube a demissão do executivo de futebol Carlos Kila, que também pediu para deixar a Chape.

Em entrevista coletiva nesta terça-feira, a direção do Verdão do Oeste confirmou a saída, em comum acordo, de Pintado. Ele deixa o alviverde na última colocação da Série A do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos e 99% de risco de rebaixamento à segunda divisão.

Pintado deixa a Chapecoense após pouco mais de dois meses no comando do clube. Ele chegou em agosto de 2021 e somou 14 jogos, sendo apenas uma vitória, seis empates e sete derrotas. Um aproveitamento muito ruim de apenas 21%.

Comentários