Imagem ilustrativa na TNT Sports

Assista a jogaços exclusivos do Paulistão e a TODOS os jogos da Champions League AO VIVO!

ASSINE JÁ
Futebol Brasileiro

Titular do Santos, Pituca já chegou a desistir do futebol, mas coxinhas frustraram seus planos

Antes de atingir o sucesso no Santos, Diego Pituca chegou a parar de jogar futebol para ser estoquista, mas sua mãe o convenceu a voltar a jogar bola

Diego Pituca atuou em 43 dos 48 jogos do Santos nesta temporada
Diego Pituca atuou em 43 dos 48 jogos do Santos nesta temporada - Getty Images (Getty Images)

Por Carlos Eduardo Alves

Titular absoluto, peça-chave no(s) esquema(s) de Sampaoli e segundo jogador com mais atuações pelo Santos em 2019. Assim pode se descrever a temporada de Diego Pituca até aqui. Mas a vida do volante do Peixe poderia estar muito diferente hoje em dia.

Quando ainda atuava no sub-20 do Brasilis – clube de Águas de Lindoia criado pelo ex-zagueiro Oscar Bernardi –, Pituca chegou a abandonar o futebol para trabalhar como estoquista. A carreira longe dos gramados, no entanto, não durou mais de um mês. E o motivo é bem inusitado.

Diego Pituca revela que já chegou a desistir do futebol

De volta ao futebol, Pituca chegou ao Guaçuano, time de Mogi Guaçu – sua cidade natal. Depois disso, passou por Matonense e Botafogo-SP antes de chegar ao Santos. Inicialmente contratado para o time sub-23, o volante se destacou no Brasileirão de Aspirantes e foi promovido à equipe principal.

Titular absoluto de Sampaoli e com grandes atuações em 2019, especulações sobre uma possível ida do volante ao futebol europeu já surgiram. Diego Pituca, no entanto, ainda tem objetivos a cumprir no Peixe antes de pensar em jogar no Velho Continente.

Tenho sonho de jogar na Europa. Mas estou focado no Santos. Jogar no Santos é tudo na minha vida, lutei muito pra chegar aqui. Eu quero fazer história aqui. Ainda não conquistei nada, quero fazer história aqui para depois pensar em ir para a Europa.

Na temporada de 2019, Diego Pituca vem sendo um jogador indispensável para Jorge Sampaoli, só não atuando quando está lesionado ou suspenso. No total, o volante disputou 43 dos 48 jogos do Santos no ano.

Mais Vistas