Futebol Brasileiro

William Ribeiro pega suspensão de dois anos por agressão ao árbitro Rodrigo Crivellaro

Caso que aconteceu no início do mês rodou o país e foi julgado nessa segunda-feira (18)

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Momento em que William agride o árbitro(Foto: Reprodução / FGF TV)

Momento em que William agride o árbitro | Foto: Reprodução / FGF TV

O Tribunal de Justiça Desportiva do Rio Grande do Sul - TJD-RS julgou o caso de agressão ao árbitro Rodrigo Crivellaro na noite da última segunda-feira (18), que aconteceu em 4 de outubro. O ocorrido foi na partida entre Guarani-RS e São Paulo-RS, pela 12ª rodada do Gauchão Série A2 - Divisão de Acesso. O agressor, William Ribeiro, foi punido com dois anos de suspensão.

Todos os auditores, presidente da comissão e relator, votaram de forma unânime pela punição do atleta, que não pode entrar em campo pelos próximos dois anos. O juiz segue se recuperando em Santa Maria, cidade onde nasceu. Durante a sessão, o jogador de 30 anos chegou a reconhecer o erro:

Não sei o que me deu. Estou até procurando tratamento psicológico. Eu não me reconheci nesse ato, eu errei. Estou arrependido, bastante"

A confusão teria tido início com um cartão amarelo aplicado ao atleta. A seguir, as imagens da FGF TV flagram o momento em que William derruba Rodrigo e o agride com um chute na cabeça. O juiz ficou desacordado e o jogo foi interrompido e cancelado na sequência.

O jogador foi demitido pelo São Paulo-RS, que repudiou a atitude do atleta. William foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio qualificado ainda no estádio, e foi enquadrado no artigo 121 do código penal, parágrafo segundo, que corresponde à motivação fútil.

Comentários