Imagem ilustrativa na TNT Sports

É agora que a história é escrita! Assista a TODOS os jogos do mata-mata da Champions League AO VIVO!

ASSINE JÁ
Melhor Futebol do Mundo

Após estreia, Vinicius Mello fala sobre expectativa de enfrentar o Estrela Vermelha

Formado nas categorias de base do Internacional, Vinicius foi comprado pelo Charlotte FC em 2021

Vinicius Mello está no Charlotte FC desde 2021
Vinicius Mello está no Charlotte FC desde 2021 (Divulgação)

Por Redação da TNT Sports

No último sábado (17) mais um brasileiro debutou no futebol europeu. Vinicius Mello, de 21 anos, fez sua estreia pelo FK Cukaricki, na vitória por 2 a 1 diante do Zeleznicar Pancevo, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Sérvio. O atacante saiu do banco no intervalo, quando sua equipe ainda perdia por 1 a 0 e teve importante papel na virada do Cukaricki.

“Me senti muito feliz por voltar a jogar depois de muito tempo parado. Era algo que eu estava esperando e me preparando há muito tempo. Então, fiquei muito feliz quando o treinador me chamou e eu tive a oportunidade de entrar no jogo”, revelou.

Formado nas categorias de base do Internacional, onde atuou em 13 partidas pelo profissional, Vinicius foi comprado pelo Charlotte FC em dezembro de 2021, sendo um pedido direto de Miguel Angel Ramirez, com quem trabalhou no Colorado. Por conta de complicações causadas por uma lesão no pé sofrida ainda em 2021, o brasileiro não atuou em 2022, retornando aos gramados apenas em 2023, sob o comando de outro treinador. Ao todo foram apenas três jogos na MLS e pouco mais de 50 minutos em campo, mas na MLS Next Pro, liga de desenvolvimento, atuou em 11 jogos, marcando cinco gols e dando três assistências.

“Fui muito bem recebido aqui na Sérvia. Desde o primeiro dia, todo mundo me tratou muito bem, o grupo e todo o estafe do clube. Fiquei muito feliz em estrear e já no primeiro jogo ter quase os mesmos minutos que eu tive em dois anos na MLS. Então fiquei muito feliz” contou Vinicius, que também comparou o futebol dos dois países.

“Acho que tem bastante coisas que se parecem entre a MLS e o futebol da Sérvia, por mais que seja na Europa, mas a intensidade parece a mesma, a qualidade dos jogadores também é bem parecida. A única coisa que notei quando eu cheguei, foi que aqui tem bastante dividida, os jogadores colocam o pé mesmo em quase todas as jogadas e isso é um pouco diferente da MLS”.

O segundo compromisso da Cria do Celeiro no Velho Continente será contra um dos principais times da Sérvia, o Estrela Vermelha. Conhecido principalmente pela força da sua torcida e a intimidação que seu estádio pode causar, a equipe é a atual segunda colocada na Liga Sérvia, apenas um ponto atrás do Partizan.

“A preparação segue a mesma para esse jogo. A gente sabe da importância do jogo, que é um time que tá na nossa frente, mas a gente tá fazendo a mesma preparação que fazemos para todos os jogos, e lógico estudando o adversário, sabemos que é um time forte que vamos enfrentar, mas a preparação segue a mesma como se fosse qualquer outro jogo”, o brasileiro também falou sobre a atmosfera do ‘Rajko Mitic Stadium’, casa do Estrela Vermelha.

“Conversei com alguns companheiros e todos falaram que é uma atmosfera diferente, que a torcida é uma torcida muito vibrante, que apoia o time em todo o momento no jogo. Vai ser bacana viver essa atmosfera”, finalizou.

A partida entre o FK Cukaricki e o Estrela Vermelha acontece às 12h, horário de Brasília, deste sábado.

Mais Vistas