Melhor Futebol do Mundo

Bartomeu critica Laporta por permitir saída de Messi do Barcelona e fala sobre negociações

Ex-presidente do Barcelona revelou como foi a conversa para que o camisa 10 não deixasse o clube na última temporada

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Messi se despedindo do Barcelona rumo ao PSG(Getty Images)

Messi se despedindo do Barcelona rumo ao PSG | Getty Images

Nesta sexta-feira (15), o ex-presidente do Barcelona, Josep Maria Bartomeu, concedeu entrevista ao jornal espanhol 'Mundo Deportivo' e declarou que foi um erro de seu sucessor, Joan Laporta, deixar Lionel Messi sair do clube rumo ao Paris Saint-Germain.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR A HBO MAX E ASSISTIR A TODOS OS JOGOS DA CHAMPIONS LEAGUE 2021/22!

Bartomeu, que é considerado um dos maiores responsáveis pela atual crise financeira nos culés, afirmou que Laporta não deveria ter deixado isso acontecer, pois era essencial que o camisa 10 continuasse no Camp Nou não somente por ser o melhor jogador do mundo, mas também pelo retorno econômico e institucional. "É um erro deixar Messi ir. Ele representa muito mais do que um jogador".

Messi queria deixar o clube, nós falamos sobre isso e eu que disse não. Sempre pensei que Messi é muito importante para o nosso clube, Barça também é muito importante para ele e seria um problema grave se ele saísse, como penso que está agora. Disse que se ele quisesse sair como Xavi e Iniesta, ao Qatar, à China ou aos Estados Unidos, poderíamos falar sobre o assunto e faríamos uma homenagem e um adeus. Mas Messi ainda não tinha uma equipe e queria ser livre", relembrou Bartomeu.

O ex-presidente enfrentou essa situação no meio do último ano, quando as especulações eram de que o argentino reforçaria o Manchester City de Pep Guardiola por estar insatisfeito com a camisa do Barcelona. Segundo Bartomeu, o pedido da diretoria era de que o Barça fosse seu último time na Europa.

"Dissemos: 'queremos que o Barca seja o seu último clube na Europa. Se quiser ir mais pra frente para outro continente, não tem problema, mas queremos que continue no Barça'. Isso foi um pouco da história, nós dizendo que queríamos que ele continuasse e ele falando que queria partir, mas sem saber para onde. Sempre lhe perguntei para onde queria ir", finalizou o ex-mandatário.

 
Jorge Jesus minimiza vitória sobre o Barcelona e crava Flamengo na final da Libertadores
Top of Form
Comentários