Melhor Futebol do Mundo

Candidato à presidência do Barcelona detona o VAR: 'Favorece o Real Madrid'

Joan Laporta, favorito para assumir a presidência do Barcelona na eleição que acontecerá em 24 de janeiro, também garantiu que tem credibilidade para manter Messi, cujo contrato se encerra em junho

Avatar del

Por Redação do Esporte Interativo

Laporta disse que Barcelona perdeu oportunidade de conquistar mais títulos tendo Messi na equipe(Getty Images)

Laporta disse que Barcelona perdeu oportunidade de conquistar mais títulos tendo Messi na equipe | Getty Images

Candidato à presidência do Barcelona, Joan Laporta não poupou críticas ao VAR e à forma como o Barcelona tem lidado com as questões fora de campo nos bastidores. Laporta, que já foi presidente do clube catalão entre 2003 e 2010, afirmou que qualquer um veria o beneficiamento da tecnologia ao Real Madrid.

"Se um marciano descesse para a terra e visse o VAR, ele rapidamente veria que favorece o Real Madrid. O Barcelona perdeu importância na federação espanhola, em LaLiga, na Uefa, na Fifa, em todas instituições que governam o futebol. O Barcelona tem que reconquistar sua credibilidade. Tem que ter presença para invertir em todas os processos de tomadas de decisão que afetam o futebol em geral", afirmou ao 'Marca'.

Laporta também garantiu que tem um trunfo para manter Messi no clube, já que o candidato teria boa relação com o craque argentino desde seu mandato anterior como presidente do Barça.

"É positivo que o Messi tenha dito que esperaria até o final da temporada, isso nos dá tempo para preparar uma proposta convincente. E eu tenho uma vantagem, eu tenho credibilidade com Messi. Ele sempre me disse que tudo que eu prometi a ele, eu cumpri. Se eu dou minha palavra, eu cumpro", garantiu, antes de criticar a falta de títulos do Barcelona nos últimos anos.

 

"Nós perdemos grandes oportunidades tendo Messi, o melhor jogador do Mundo. Nós deveríamos ter ganhado mais Ligas dos Campeões e espero retomar a história de sucesso do Barcelona com a Liga dos Campeões", disse.

 
Comentários