Melhor Futebol do Mundo

Chelsea acerta venda do clube para empresário Todd Boehly, coproprietário do Lakers

Clube inglês não pertence mais ao russo Roman Abramovich

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

O Chelsea agora pertence ao empresário americano Todd Boehly(Michael Regan/FIFA)

O Chelsea agora pertence ao empresário americano Todd Boehly | Michael Regan/FIFA

Na noite da última sexta-feira (06), o Chelsea divulgou um comunicado oficializando a venda do clube ao empresário americano Todd Boehly, coproprietário do Los Angeles Lakers, da NBA, e do Dodgers, da MLB, por 2,5 bilhões de libras (cerca de R$ 16 bilhões na atual cotação). 

CLIQUE AQUI E ASSINE A HBO MAX PARA ASSISTIR A TODOS OS JOGOS DA CHAMPIONS LEAGUE!

No acordo com os novos donos dos Blues, também inclui a promessa de investimento de 1,75 bilhão de libras no clube. A venda marcou o fim da Era Abramovich, que deu ao Chelsea a alavancada para a elite do futebol europeu.

Além de Todd Boehly, novo dono, também fazem parte do consórcio Mark Walter e Hansjörg Wyss. Contudo, a maior parte das ações pertence à Clearlake Capital, empresa financeira.

Com a venda oficializada, o Chelsea se livrará de diversas punições recebidas no início deste ano, quando começou o conflito entre Rússia e Ucrânia. Por conta de Abramovich ser ligado ao governo russo, o clube ficou proibido de comprar, vender e renovar contratos com jogadores pelo governo britânico.

Veja a nota na íntegra:

"O Chelsea Football Club pode confirmar que os termos foram acordados para um novo grupo de proprietários, liderado por Todd Boehly, Clearlake Capital, Mark Walter e Hansjoerg Wyss, para adquirir o clube.

Do investimento total feito, £ 2,5 bilhões serão aplicados para comprar as ações do Clube e esses recursos serão depositados em uma conta bancária congelada no Reino Unido com a intenção de doar 100% para causas de caridade, conforme confirmado por Roman Abramovich. A aprovação do governo do Reino Unido será necessária para que os recursos sejam transferidos da conta bancária.

Além disso, os novos proprietários propostos comprometerão £ 1,75 bilhão em investimentos adicionais para o benefício do clube. Isso inclui investimentos em Stamford Bridge, Academia, Seleção Feminina e Kingsmeadow, além de financiamento contínuo para a Fundação Chelsea.

A venda deve ser concluída no final de maio, sujeita a todas as aprovações regulatórias necessárias. Mais detalhes serão fornecidos na ocasião".

 
Real Madrid 2x3 Chelsea: Real se classifica apesar de derrota; veja os melhores momentos
Comentários