Melhor Futebol do Mundo

Cristiano Ronaldo quebra silêncio e responde críticas: 'Vou calar suas bocas'

Em entrevista à Sky Sports, português respondeu alguns torcedores que o culpam pela sequência ruim do United

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Manchester United contra a Atalanta pelo Grupo F da UEFA Champions League(2021 Getty Images, Getty Images Europe)

Manchester United contra a Atalanta pelo Grupo F da UEFA Champions League | 2021 Getty Images, Getty Images Europe

Há três jogos sem vencer na Premier League, o Manchester United tem pela frente um grande confronto contra o Liverpool, que ocorre neste domingo (24).

A má fase vem incomodando os torcedores, que começaram a cobrar e culpar CR7 pela sua fraca presença defensiva. 

"Sei quando a equipe precisa da minha ajuda na defesa. Mas o meu papel no clube é vencer, ajudar a equipe a ganhar e marcar gols. O aspecto defensivo faz parte do meu trabalho", disse o camisa 7. 

Em sua resposta, o português ainda enfatizou que já ganhou tudo e não iria se preocupar com as pessoas falando mal ou bem dele. 

"Vou me preocupar com as pessoas falando mal de mim? Deixe-os continuar, porque ainda vou calar suas bocas e ganhar coisas", afirmou. 

Apesar das respostas, Cristiano Ronaldo pontuou que é necessário tempo para o elenco se adaptar e aderir o estilo de jogo atual. 

"A adaptação vai levar tempo, até mesmo o sistema de jogo que jogamos, mas acho que passo a passo temos que colocar em nossa mente que tudo é possível. Eu não falo apenas sobre minhas coisas individuais, eu coloco o coletivo em primeiro lugar", finalizou. 

O Manchester United está em sexto na Premier League, com 14 pontos, e é o líder do Grupo F na UEFA Champions League, com duas vitórias e uma derrota. 

Confira mais aspas da entrevista: 

Sobre as críticas: "A crítica sempre existirá aqui. Não me escondo e não me importo muito, porque sei que o futebol é assim. Minhas reações são o que sinto naquele momento. Todo mundo me conhece. Eu sempre darei 100% por este clube e minhas reações são parte de quem eu sou, não quero incomodar ninguém".

Sobre o empate contra o Everton: "Não gosto de perder. Empate? empate. Mas, para mim, empatar com o Everton, que tem todo meu respeito, em casa é como uma derrota. Talvez eu esteja errado, mas é assim que me motivo e ganhei coisas durante minha carreira".

 
SEMPRE ELE: Cristiano Ronaldo vira para o Manchester United no finzinho do jogo contra a Atalanta
Comentários