Melhor Futebol do Mundo

Felipe destaca o trabalho mental de Simeone para a conquista do seu primeiro título com o Atlético de Madrid

Zagueiro fala em semana fantástica com o título de LaLiga e convocação para a Seleção Brasileira. Agora, Copa América é o objetivo

Por Tatiana Mantovani

Felipe emocionado com o título Espanhol(Atlético de Madrid)

Felipe emocionado com o título Espanhol | Atlético de Madrid

No último sábado, o Atlético de Madrid conquistou sua 11ª LaLiga. Para o zagueiro Felipe, foi o primeiro título com o clube que defende há dois anos, a taça que ele revela ser a mais especial até aqui. Em entrevista exclusiva à TNT Sports, ele falou sobre a conquista.

“Acho que por tudo que passamos, não só no clube, porque acredito que todos os clubes passam por estas dificuldades. Acho que na questão de jogadores, nós perdemos alguns durante o campeonato, no final que todos foram chegando. Teve também a pandemia, foi difícil mundialmente. Por esse conjunto todo eu coloco o título como especial, também porque quando eu consigo conquistar o campeonato sou chamado pela Seleção, fiz meu aniversário também. Um momento muito único, por isso coloco como o primeiro e o mais especial”.

Nesta segunda temporada no clube, Felipe foi titular em 76% dos jogos em que esteve em campo e somou uma média de 68 minutos por partida. São números inferiores ao da sua primeira temporada do Atlético, quando foi titular em 91% das partidas e esteve em campo uma média de 85 minutos. O zagueiro revela momentos de dificuldade, mas uma superação constante para recuperar seu melhor nível.

“Eu estava buscando meu ponto máximo, para quando ele precisasse de mim. Eu iria dar o meu máximo, jogando 5, 10, 15 minutos. Quando eu tive a oportunidade, nos últimos jogos, eu consegui ter força para voltar a ser o Felipe”, conta. E ele conseguiu: nos quatro últimos jogos do Campeonato Espanhol, foi titular em todos.

Felipe, João Félix e Renan Lodi comemorando o título. Crédito: Atlético de Madrid

Esta LaLiga foi a segunda da "Era Simeone", técnico que está no comando da equipe há quase 10 anos, mas que precisou reformular o time há duas temporadas para manter a equipe em um alto nível de competitividade. Felipe, um dos escolhidos para este “novo Atleti”, destaca a força mental do time na reta final deste Espanhol e como a exigência de Simeone foi chave para a conquista do título.

“Ele é um cara muito exigente, desde o início dos treinos ele já está falando para ser mais ativo e isso vai até o final do treinamento. Isso é muito bom para nós jogadores que, às vezes, achamos que está tudo bem e caímos na mesmice. Ele não deixa isso, é um cara que sempre está te pedindo evolução. Isso é maravilhoso. Porque, mesmo tendo uma idade, e eu já estou com 32 anos, aceito isso muito bem e prefiro que seja assim. Quando temos alguém que está sempre do teu lado, te apoiando, a gente acaba decaindo. Ele é um cara que sempre nos coloca pra cima, tenta sempre pedir o seu melhor para que tudo dê certo”, ressaltou Felipe, em exclusiva à TNT Sports.

Isso é muito bom para nós jogadores que, às vezes, achamos que está tudo bem e caímos na mesmice. Ele não deixa isso, é um cara que sempre está te pedindo evolução. Isso é maravilhoso! Porque, mesmo tendo uma idade, e eu já estou com 32 anos, aceito isso muito bem e prefiro que seja assim.

Felipe e a esposa na festa do título de LaLiga. Crédito: Instagram

Depois da temporada finalizada com título, Felipe está com a cabeça na Seleção Brasileira. O zagueiro foi convocado por Tite para substituir o lesionado Lucas Veríssimo na última semana. Ele terá dois jogos das Eliminatórias pela frente para convencer o técnico de que merece estar na Copa América. A cobrança por mais um título já está vindo de casa.

“Quando terminou a temporada aqui com título, meus amigos já disseram que agora será na Seleção e tem que trazer o caneco lá também. Eu disse que se Deus quiser vai ser possível porque temos uma equipe que é uma das melhores do mundo, se não for a melhor e só depende da gente”. Felipe já foi convocado mais vezes com a Seleção, mas ainda não disputou um torneio oficial. A Copa América é o objetivo.

 
Melhores momentos - Salzburg x Atlético de Madrid
Comentários