Melhor Futebol do Mundo

Grupo proprietário da Inter de Milão encerra atividades do Jiangsu FC, da China

Por crise financeira, a empresa encerrou parceria com a equipe, que ficou sem condições de manter as atividades

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Time de Miranda e Alex Teixeira, Jiangsu FC encerra atividades após ser campeão da Super Liga(Getty Images)

Time de Miranda e Alex Teixeira, Jiangsu FC encerra atividades após ser campeão da Super Liga | Getty Images

Na manhã deste domingo (28), o Jiangsu FC, da China e que pertence ao Grupo Suning, mesmo proprietário da Inter de Milão, anunciou o encerramento das atividades devido à crise financeira na empresa. O time, que é o atual campeão da Super Liga, teve as equipes profissionais masculina e feminina e toda a categoria de base liquidadas.

No último dia 19, Zhang Jindong, presidente da Suning, afirmou que os cofres da empresa não estavam em boa situação, principalmente devido à pandemia do novo coronavírus, e a intenção era de cortar gastos, focando no comércio de varejo. A venda da Inter de Milão, inclusive, foi especulada.

O Jiangsu FC ainda pode ser adquirido junto à Federação para continuar suas atividades profissionais, mas essa negociação deveria acontecer o mais rápido possível, antes do início da temporada. Contudo, não há grandes expectativas para essa solução, já que o novo proprietário assumirá uma dívida de mais de 63 milhões de euros (cerca de R$ 425 milhões na cotação atual) de salários atrasados.

Já o caso da Inter, de acordo com o 'Corriere dello Sport', o Grupo Suning pediria 1 bilhão de euros à BC Partners, empresa interessada. Porém, a negociação pode ser travada já que os britânicos têm a intenção de desembolsar 750 milhões de euros pelo time.

 
Confira os melhores momentos da vitória da Inter por 3x0 sobre o Milan
Comentários