Imagem ilustrativa na TNT Sports

É agora que a história é escrita! Assista a TODOS os jogos do mata-mata da Champions League AO VIVO!

ASSINE JÁ
Melhor Futebol do Mundo

Lee Kang-In, do PSG, pode ter que pagar até R$ 28 milhões por agredir Son, do Tottenham

Jogador é denunciado por violação de contrato com patrocinadores após Son sair lesionado de briga durante concentração da delegação da Coreia do Sul

Lee Kang-In, de 23 anos, é jogador do PSG desde a última janela de verão
Lee Kang-In, de 23 anos, é jogador do PSG desde a última janela de verão (PSG/Divulgação)

Por Redação da TNT Sports

O meia atacante Lee Kang-In, do PSG, pode ter que pagar até R$ 28 milhões por conta da briga com Son, craque do Tottenham, durante concentração da seleção da Coreia do Sul. De acordo com a imprensa local, o jogador foi denunciado por patrocinadores a desembolsar 3,75 milhões de euros (19 milhões de reais) em processo por violação de contrato.

CLIQUE AQUI E ASSINE A HBO MAX PARA ASSISTIR A TODOS OS JOGOS DA CHAMPIONS LEAGUE!

Son teve lesões em dois dedos da mão direita constatadas após a polêmica. O evento ocorreu às vésperas da disputa da semifinal da Copa da Ásia, na qual os sul-coreanos foram eliminados pela Jordânia. Segundo o 'The Athletic', a confusão começou após o craque dos Spurs contrariar jogadores que queriam jogar tênis de mesa, popularmente conhecido como pingue-pongue.

Segundo o portal coreano "Allkpop", há uma cláusula de pagamento de duas a três vezes o valor da publicidade em caso de "polêmica social" por parte de uma das empresas patrocinadoras do meia-atacante. Dessa forma, o Lee Kang-In pode pagar de R$ 18 a R$ 28 milhões de indenização pelo ocorrido.

O jogador pediu desculpas a Son pela briga. Além disso, Lee afirma que não deu socos no capitão da equipe sul-coreana. O treinador Jürgen Klinsmann foi demitido, segundo a federação local, por não demonstrar liderança e manter o meia-atacante entre os titulares após a polêmica.

Luis Enrique evita falar sobre provável saída de Mbappé: 'PSG está acima de tudo'

Mais Vistas