Melhor Futebol do Mundo

Messi destaca individualidades, mas ressalta necessidade de evolução coletiva do PSG

Craque argentino destacou que a equipe ainda precisa "se conhecer melhor" para se tornar "imbatível"

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Messi destacou a necessidade de evolução coletiva no PSG(Getty Images)

Messi destacou a necessidade de evolução coletiva no PSG | Getty Images

Lionel Messi foi o grande reforço do Paris Saint-Germain para esta temporada. Contratado após deixar o Barcelona, o craque argentino tem a responsabilidade de levar o clube francês ao primeiro título da Champions League, sonho almejado há anos.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR A HBO MAX E ASSISTIR A TODOS OS JOGOS DA CHAMPIONS LEAGUE 2021/22!

Contudo, em entrevista à 'France Football', o astro pregou cautela sobre a badalação em torno do elenco, ressaltando que ainda é preciso tempo para o time atingir o ápice e conquistar os principais objetivos. 

Temos grandes individualidades, mas ainda temos que nos conhecer melhor e formar uma equipe. É preciso ser uma equipe dentro e fora. Ajudar-se uns aos outros, correr uns pelos outros. É assim que iremos ganhar troféus. As pessoas pensam que uma equipe com grandes nomes é suficiente, mas não é. É preciso o envolvimento de cada um, uma equipe onde atacamos e defendemos juntos. É isso que me faz entender que estamos um passo atrás em relação aos outros."

Messi também destacou sobre o sonho do PSG em levantar a Champions pela primeira vez em sua história, destacando que a equipe tem condições de conquistar o troféu nesta temporada.

"É um desafio emocionante e, como disse, quero conquistar mais títulos no final da minha carreira. Espero que alcancemos grandes feitos. Este é nosso objetivo comum. A Champions League é o sonho de todos aqui. O clube vem trabalhando para atingir esse objetivo há alguns anos e recentemente se aproximou dele. Acho que esse grupo de jogadores têm as armas para conquistar esse título", afirmou o argentino que também falou sobre a relação com Mbappé e a possível saída do francês para o Real Madrid.

"Honestamente, ele tinha acabado de chegar, eu ainda não o conhecia bem o suficiente para ir falar com ele sobre isso e dar minha opinião. Como todo mundo, esperei para ver o que aconteceria. Mas, no final das contas, ele ficou conosco e para mim é uma grande alegria. Como jogador ele é fácil de lidar. Além disso, Kylian fala espanhol perfeitamente, por isso também temos boa relação fora de campo. Facilita as coisas. Mas, faz pouco tempo que cheguei, ainda é um pouco cedo para tirar alguma conclusão."

O PSG volta a campo somente no dia 15 de outubro para encarar o Angers, às 16h, pela Ligue 1.

 
Messi celebra primeiro gol pelo PSG, exalta parceria com Neymar e Mbappé e crava: 'Vamos subir o nível'
Comentários