Imagem ilustrativa na TNT Sports

É agora que a história é escrita! Assista a TODOS os jogos do mata-mata da Champions League AO VIVO!

ASSINE JÁ
Melhor Futebol do Mundo

Real Madrid apresenta denúncia contra crimes de racismo e ódio sofridos por Vini Jr.

Clube apresentou queixa ao Ministério Público da Espanha após o atacante brasileiro ter sido alvo de cantos racistas da torcida do Atlético de Madrid

Real Madrid pediu punições aos torcedores que atacaram Vini Jr.
Real Madrid pediu punições aos torcedores que atacaram Vini Jr. - MATEO VILLALBA (2024 Mateo Villalba, Getty Images Europe)

Por Redação da TNT Sports

O Real Madrid soltou uma nota nesta sexta-feira (15) denunciando os crimes de racismo e ódio sofridos por Vini Jr. O brasileiro foi mais uma vez atacado durante as partidas da Uefa Champions League desta semana entre Atlético de Madrid x Inter de Milão e Barcelona x Napoli.

CLIQUE AQUI E ASSINE A MAX PARA ASSISTIR A TODOS OS JOGOS DA CHAMPIONS LEAGUE!

Em comunicado oficial, o Real pede ao Ministério Público da Espanha que solicite às forças de seguranças as imagens dos dois estádios para identificar os responsáveis pelos atos racistas e de ódio. O clube também condenou os crimes e garantiu que vai seguir na "luta pela tolerância zero" para os "episódios tão repugnantes".

Na última quinta-feira (14), Vini Jr. também se manifestou sobre os ataques racistas que foi alvo durante a classificação do Atlético de Madrid contra a Inter de Milão. O brasileiro cobrou à Uefa punições para os torcedores colchoneros que gritavam "Alé Alé, Alé, Vinícius chimpanzé" na entrada do estádio.

CLIQUE AQUI E ENTRE NO GRUPO DE FUTEBOL EUROPEU DA TNT SPORTS NO WHATSAPP!

O Real também pede punição aos torcedores do Barcelona que cantaram "Vinicius, morra" no entorno do Estádio Olímpico de Montjuic, antes da partida dos culés contra o Napoli, pela Champions.

Vini Jr. vem sofrendo com ataques racistas na Espanha. No último dia 02 de março, o jogador foi alvo dos torcedores do Valencia durante o empate com o Real Madrid por 2 a 2 por LaLiga. O brasileiro marcou dois gols e comemorou fazendo o gesto antirracista com o punho cerrado.

Confira a nota do Real Madrid na íntegra:

"O Real Madrid CF apresentou queixa à Procuradoria-Geral do Estado contra crimes de ódio e discriminação, pelos insultos racistas e odiosos dirigidos ao nosso jogador Vinicius Junior nas proximidades do Estádio Olímpico de Montjuic e do Estádio Metropolitano de Madrid diante do jogos entre FC Barcelona x Nápoles e Atlético de Madrid x Inter de Milão, pela Liga dos Campeões.

O Real Madrid pede ao Ministério Público que solicite às forças de segurança as gravações existentes em ambos os locais para identificar os autores dos referidos insultos racistas e de ódio.

O Real Madrid condena estes violentos ataques de racismo, discriminação e ódio que têm ocorrido, infelizmente repetidamente, contra o nosso jogador Vinicius Junior. O nosso clube continuará a trabalhar na defesa dos valores do futebol e do desporto, e permanecerá firme na sua luta pela tolerância zero face a episódios tão repugnantes como os que continuam a ocorrer nos últimos tempos."

Mais Vistas