Melhor Futebol do Mundo

Salah diz que quer ficar no Liverpool, mas deixa futuro em aberto: 'Não depende de mim'

Em entrevista, atacante egípcio também falou que 'fica feliz' ao saber do interesse do Barcelona nele

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Salah tem contrato com o Liverpool até 2023(Getty Images Europe)

Salah tem contrato com o Liverpool até 2023 | Getty Images Europe

Mohamed Salah ainda não definiu seu futuro no Liverpool. Em negociações para renovar seu contrato com os Reds, o egípcio é um dos nomes mais comentados no mercado de transferências e desperta o interesse de vários clubes do futebol europeu.

CLIQUE AQUI PARA ASSINAR A HBO MAX E ASSISTIR A TODOS OS JOGOS DA CHAMPIONS LEAGUE 2021/22!

Em entrevista ao canal egípcio 'MBC Masr', Salah ressaltou seu desejo de permanecer no Liverpool, mas deixou claro que a decisão depende dos dirigentes do clube de Anfield.

Disse isso várias vezes, se a decisão depender de mim, quero ficar em Liverpool. Mas a decisão está nas mãos da diretoria. São eles que precisam resolver isso. Não tem problema, mas temos que chegar a um acordo para o contrato. Depende deles."

"Seu valor financeiro mostra o quanto o clube o valoriza e que eles estão prontos para fazer qualquer coisa para que você fique, mas a decisão em si não se baseia apenas nessas questões financeiras. Existem coisas como a ambição da equipe e do treinador e o que ele quer fazer da equipe e dos jogadores que quer. Todos esses são pontos importantes na hora de tomar uma decisão", afirmou Salah.

Salah também falou sobre o interesse de Xavi em levá-lo para o Barcelona. "Eu li o que foi dito sobre o interesse de Xavi em me contratar. É algo que me deixa feliz que uma equipe como o Barcelona esteja interessada em mim, mas estou feliz em Liverpool e veremos o que acontece no futuro. No momento, prefiro ficar na Premier League porque é a liga mais forte do mundo", explicou.

O contrato de Salah com o Liverpool termina em junho de 2023. Caso não renove, o jogador poderá assinar com qualquer outra equipe e deixar o clube inglês sem custos, o que seria prejudicial para as finanças dos Reds que pagou em 2017 à Roma 42 milhões de euros (R$ 156 milhões, na cotação da época) pelo atacante.

 
Liverpool 2x0 Porto: Veja os melhores momentos do jogo pela Champions League
Comentários