NBA

Grupo de jogadores se manifesta contra vacinação e causa tensão na NBA

Apesar da grande maioria dos atletas estarem vacinados, grupo de jogadores contra a medida inclui nomes famosos como Kyrie Irving e Bradley Beal
 

Avatar del

Por Redação da TNT Sports

Com o início da vacinação contra o COVID-19, as ligas esportivas do mundo começaram a se movimentar para tratar a questão entre público e jogadores. Na NBA não foi diferente e a adesão à vacinação foi grande. No entanto, um grupo pequeno de jogadores, que envolve ícones como Kyrie Irving e Bradley Beal, se posicionou contra a medida e criou uma crise que a liga ainda tenta entender como contornar.

Até aqui, o caso mais divulgado na mídia envolve Irving, que ainda não recebeu nenhuma dose do imunizante e, por seu status de estrela na liga, se viu como centro da questão na mídia e na comunidade do basquete. 

Irving e Beal estão entre os astros da NBA que não se posicionaram a favor da vacinação

Os atletas que não se vacinarem serão proibidos de jogar em certas arenas localizadas em cidades como Nova Iorque e São Francisco. Vale lembrar que Irving atua pelo Brooklyn Nets, localizado, justamente, em Nova Iorque. Isso significa que o armador poderia ficar de fora de todos os jogos em casa da equipe, tanto na temporada regular quanto nos playoffs.

Além da saúde, o prejuízo também é financeiro: a liga confirmou que as franquias não serão obrigadas a pagar o salário correspondente às partidas em que esses jogadores não atuarem. Além de Irving e Beal, outros nomes que seguem sem a vacina incluem Andrew Wiggins, do Golden State Warriors, Michael Porter Jr., do Denver Nuggets, e Jonathan Isaac, do Orlando Magic. 

  • nba
  • Kyrie Irving
  • Bradley Beal
Comentários